Song Lyrics

Artist: Sexto sentido

Bidelêro  (16)

En algun idioma

To chapando...

Esse tipo eu nunca do moral se no caminho eu topo
Lá vem o bidelêro esconde o copo
Se você der moral pra ele aí já era
Pois sempre quando bera o pila nunca tem o da intera
Vai se entrosando com o seu poder fala
Quando ta bebo então
Pense num maluco mala
Fica muito doido e não vai mais embora
Abraça todo mundo aperta a mão da gente toda hora
Esse maluco que é meio doido ou esquecido
Já aprontou pra porra, mas o cara é muito inxirido.
Fica a vontade tipo um rei no seu trono
Chama outro maluco pra beber como se fosse o dono
Só fala merda, droga, crime, carro e grana.
Só fala gíria e toda hora me pede um bacana
Pede um cigarro, o isqueiro e o cinzeiro.
Daqui a pouco vai pedir também meu bunda seu bidelêro.

Refrão
Bidelêro sempre aparece na quebrada com essa cara dura
Bidelêro ve se toma um chá de semancol
Seu bidelêro

La vem o bidelêro esconde la o goró
Que ele sente pelo cheiro
Esse tipo eu nunca do moral se topo no caminho
Lá vem o bidelero vixe esconde o vinho
Chega de mansinho na maior tupinixão
Vai te levando na garganta e pila logo o copo da tua mão
Os cara só ficam de olho no maluco
Ta vivo não sei nem porquê o cara sempre sai no lucro
Ele se sujou demais ultimamente
Se tiver nossa compania vai também sujar a gente
Mas quanto mais eu rezo mais pila eu vejo
A gente no "rapão" e ele quer porra de sertanejo
Ataca o queijo, o vinho, a calabresa
Dá em cima de tudo e qualquer mulher que tiver na mesa
Só fala alto boca suja indecente
Diz palavrão na frente dos moleque cospe na gente
Não adianta esconder o paradeiro que parece que ele sente pelo cheiro, eita bidelêro


Refrão
Bidelero sempre aparece na quebrada cum essa cara dura
Bidelero ve se toma um chá de semancol
Seu bidelero

La vem o bideleiro esconde la o goró
Que ele sente pelo cheiro.


Lyrics submitted by Fabi
Flag of Spain
Flag of United Kingdom